Maternidade real: Como organizar a rotina e amenizar o cansaço para não surtar

Se você está se preparando para viver a maternidade, lembre-se de incluir mais um milhão de tarefas, além de dar amor e carinho ao seu bebê… Sim dar amor e carinho é apenas a parte mais fácil e prazerosa da maternidade. Por isso vou te ensinar, nesse artigo, como organizar a rotina e amenizar o cansaço sem surtar!

Se você já é mãe como eu, tenho certeza que já esbarrou na dificuldade de dar conta de tudo não é mesmo rs, rs?

Só de pensar em casa, alimentação balanceada, médicos/medicação, reuniões escolares, trabalho, vida amorosa… o cansaço já vem. Em meio a esse emaranhado de atividades tem dias que quando menos esperamos a geladeira fica vazia, a água acaba, o papel higiênico do banheiro some e nos sentimos inúteis por não conseguirmos dar conta de tudo. Você precisa aprender como organizar a rotina .

São tantas atividades destinadas à mãe diariamente que se não tiver um planejamento rigoroso e aprender a delegar a chance de surtar é muito grande. E aí nesse caso nada feito, por isso te convido a ficar comigo até o final que eu vou te ensinar algumas ações facilitadoras para você conseguir driblar a sobrecarga e ter uma rotina com mais qualidade de vida e uma maternidade menos sufocante!

Foto de uma mulher em seu escritório surtando, que precisa aprender a Como Organizar a Rotina para não Surtar
Como organizar a rotina – Não surte

Como organizar a rotina: Ações facilitadoras

Planejar

O planejamento é a chave de como organizar a rotina para não desperdiçar tempo e dinheiro. E a melhor forma de organizar a rotina é com planejamento, é uma ação que facilita demais a vida , não só das mães , mas sim de todas as pessoas.

Então a minha sugestão é que você crie o hábito de tirar um dia da semana para planejar a rotina dos próximos sete dias. Assim cada ação terá o seu dia e internamente você já estará preparada.

Delegar

Sim , dividir, passar pra outra pessoa uma parte das suas tarefas, você não é uma super mulher. Delegar é importante para você não assumir o controle de tudo sozinha e acabar se sobrecarregando, e é parte muito importante de como organizar a rotina.

Você pode delegar ao seu parceiro ou parceira, aos próprios filhos à medida que forem crescendo e se tornando capazes de realizarem alguma atividade, além de descansar você, a realização de alguma tarefa ainda desenvolve a autonomia deles.

Nas tarefas de casa por exemplo, por mais que você goste de fazer tudo do seu jeito, delegar uma arrumação periódica vai te fazer ganhar tempo para dar aquela saída com as amigas que você está precisando e não tem conseguido, ou quem sabe seja esse o dia em que você vai ler um livro, assistir a um vídeo e até aprender como organizar a rotina para não enlouquecer.

Então sugiro que você dê uma olhada em tudo que tem feito sozinha e escolha algumas dessas atividades e delegue para fazer um teste, aposto que algumas atividades você não voltará a fazer rs,rs.

Muitas vezes a gente reclama da sobrecarga, do cansaço, mas não temos o hábito de delegar, então acabamos acostumando mal quem está à nossa volta e pagamos um preço muito alto por isso. Vamos mudar isso rs,rs?

Priorizar

Priorizar é importantíssimo na lista de ações de como organizar a rotina para amenizar o cansaço.

Muitas vezes perdemos tempo com coisas nada importantes para chegarmos onde desejamos, então é fundamental observarmos onde estamos gastando nosso precioso tempo.

Priorize realizar as atividades que só você faz muito bem, depois dessas se sobrar tempo você pode fazer aquelas que você não goste muito , mas que são necessárias.

E não esqueça de tirar um tempo para fazer algo que lhe dê prazer, afinal ninguém é de ferro.

Use o seu tempo com aquilo que realmente é importante pra você e sua família. E lembre se que aquilo que não te acrescenta certamente te atrapalha.

Organizar

Organização é tudo! E não poderia ser diferente no seu aprendizado de Como organizar a rotina e amenizar o cansaço sem surtar.

Organize sua casa, seu trabalho, sua vida.

Mantenha a casa, os pertences das crianças e as suas atividades laborais em ordem . Pra isso tire um dia , uma tarde, o tempo que for necessário e organize tudo a ponto de no dia a dia você apenas fazer a manutenção, e você verá que tudo fluirá mais leve.

Pedir ajuda

Não se sinta inferior por não conseguir fazer tudo sozinha!

Nas dificuldades chame por algo ou alguém, se for o caso grite. Desde que eu entendi que não preciso dar conta de tudo sozinha, a vida ficou mais leve e feliz.

A primeira vez que fiz isso com maior intensidade foi quando meu filho do meio tinha quatro meses e ainda não tinha dormido quatro horas seguidas. Eu parecia um zumbi, já tinha expulsado o marido da cama pra poder passar as noites sentadas com o bebê, já não aguentava mais comer arroz e bife porque era a única coisa que dava tempo fazer, eu estava à beira da loucura, foi aí que entendi que naquele momento eu precisava de ajuda , foi quando chamei minha mãe que mora em outro estado para vir passar uns dias conosco. Ela veio e me ajudou muito com o bebê e com as tarefas de casa. Foi tão bom que consegui raciocinar e depois que ela foi embora decidi colocar o bebê na creche , a partir daí ele começou a dormir melhor e as coisas se encaixaram. Depois desse episódio eu aprendi a pedir ajuda rs,rs.

Veja outras formas de ajuda que facilitam a vida de uma mãe:

Escola integral

Eu amo meus filhos e adoro ficar com eles, mas sem a escola integral o meu tempo com eles não seria o mesmo!

Criança exige atenção, amor e cuidados. Para dar tudo isso a eles, precisamos ter tempo pra cuidar da casa, do trabalho, das suas próprias coisas e de nós mesmo. E é aí onde entra a escola integral, é quando eles estão lá que eu trabalho, cuido da casa, vou ao supermercado, estudo, descanso. Poderia ser uma babá? Sim,sem problemas, eu opto pela escola integral porque lá é um ambiente preparado para eles, a alimentação é balanceada, as atividades são pensadas para cada faixa etária. O melhor de tudo é que na escola não é apenas local de cuidado e sim de desenvolvimento, pra mim é um casamento perfeito, enquanto a mãe trabalha e descansa os filhos estão sendo cuidados e se desenvolvendo juntamente com outras crianças. Algo que considero primordial para o desenvolvimento da criança é o convívio com outras crianças,é facilmente perceptível a diferença das crianças que convivem com outras crianças e também daquelas que convivem na maioria do tempo com adultos.

Colônia de férias

Fui apontada e até desrespeitada em uma rede social porque postei uma foto dos meus filhos em uma colônia de férias rs,rs. Mas não me importei, tive até pena de algumas mães, porque muitas estavam me criticando sem nunca ter colocado um filho numa colônia de férias, ou seja, estavam criticando por criticar. Enquanto outras exaustas querendo colocar para poder descansar um pouco e não tinham oportunidade. Polêmicas à parte, a colônia de férias é bom tanto para as crianças que brincam , descansam, convivem com outras crianças e aprendem ,quanto para as mães que deixam seus filhos em um lugar seguro nas férias para trabalhar e não surtar sem ter onde deixar as crianças. Porque nas férias escolares a vida da mãe segue, ela precisa dar conta de todas as suas atividades normalmente e com o agravante de ter a companhia dos filhos o tempo todo. Então mamãe não se sinta menos mãe só porque seu filho vai pra colônia de férias, eu não me sinto rs,rs. E quer saber a verdade? Eu coloco sim, eles amam e eu também. Se eles não estivessem lá eu não estaria aqui agora escrevendo pra você.

Então meus amores, experimentem colocar seus filhos numa colônia de férias e começar o ano um pouco mais descansada. Te garanto vai fazer bem pra você e toda a sua família.

Não quero aqui ditar regras dizendo que todas as mães precisam dessas ajudas, cada caso é um caso e cada uma sabe das suas necessidades. No meu caso eu trabalho em casa e essas ajudas me caem como uma luva e você só vai saber se dará certo pra você testando.

Foto de uma mãe na praia com seu filho, feliz e organizada
Como organizar a rotina – Mãe feliz e organizada

Resumindo

Ser mãe e viver a maternidade real requer muitas habilidades. Entre elas a organização,o planejamento, e as capacidades de delegar e pedir ajuda, pois sabemos que a maternidade exige muito.

Exige tanto que muitas vezes ficamos à beira da loucura agarradas ao conceito de que tudo é obrigação da mãe.

No entanto devemos entender que pedir ajuda não nos fará uma pessoa menor e sim nos aumentará a capacidade, pois seremos capazes de produzirmos mais e teremos mais tempo de qualidade com nossos filhos que de fato é o que mais importa.

Vamos os despir dos preconceitos, dos julgamentos e vamos aprender como organizar a rotina de forma mais leve para viver a maternidade na nossa melhor versão!

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *